Criar, transformar e inovar

Lajes unidirecionais, bidirecionais e EPS para lajes pré-fabricadas

Lajes construídas com EPS têm inúmeras vantagens comparadas às lajes tradicionais. Sua utilização reduz em até 20% o valor da construção devido a suas características.

Possibilita lançar soluções em lajes nervuradas uni e bidirecional, obtendo estruturas mais leves no momento do cálculo estrutural, reduzindo assim o dimensionamento das fundações, vigas, colunas e lajes, com excelente redistribuição dos esforços, e gerando economia no consumo de materiais como, concreto, aço e madeira.

Facilidade no transporte horizontal e vertical das peças, proporcionando redução no volume de mão-de-obra e aumento de produtividade.

  • Lajes em EPS bidirecional

  • EPS para lajes pré-fabricadas

  • Lajes em EPS unidirecional

receba nosso catálogo virtual!

Benefícios

  • Podem ser feitas sob medida.

  • Inesgotáveis variações de: Altura, Largura e Comprimento.

  • Diminuição das cargas de peso, o que alivia fundações e estruturas.

  • Lajes mais leves

  • Economia de mão-de-obra.

  • Reduz o consumo de aço e concreto.

  • Facilidade no transporte horizontal e vertical.

  • Menor prazo para a montagem das lajes.

  • O EPS evita a fuga da água de amassamento do concreto proporcionando cura adequada do concreto nas lajes.

Ecologicamente Correto

  • Não agride o meio ambiente

  • Produção sem emissão de CFC

  • 100% reciclável

Características do EPS

  • Baixo peso específico

  • Ótima resistência mecânica

  • Baixa absorção de água

  • Isolante térmico

  • Imune a fungos e bactérias

Instalações elétricas e hidráulicas

  • A passagem das tubulações elétricas e hidráulicas nas lajes é facilitada, uma vez que o EPS possibilita a abertura de caminhos seja com ferramentas cortantes, ou com soprador térmico, porém sempre no sentido transversal das peças, nunca no sentido Longitudinal, para ssim evitar possíveis rompimentos das mesmas, com isso, a passagem da tubulação fica entre o EPS, não ocasionando o enfraquecimento da capa de concreto, como ocorre em lajes com cerâmica.

Concretagem

  • O posicionamento das vigas treliçadas deve ser bem ajustado com as tavelas de EPS, para que não haja o rompimento das peças na hora de lançar o concreto. No momento da montagem recomendamos a utilização de tábuas para a movimentação de operários e materiais. O concreto deve ser lançado primeiramente nas vigas e após seu preenchimento uniforme ser distribuído sobre o EPS. Escoramentos, cura do concreto e tempo de desenforma da laje devem ser seguidos conforme orientação do fabricante da laje.

Revestimento com chapisco e reboco

  • O chapisco pode ser preparado com o traço 1:3 (cimento: areia) e pode ser lançado com a colher de pedreiro, ou rolado com um rolo de pintura (deixar a mistura mais liquida). Para uma melhor aderência recomendamos adicionar aditivo colante para argamassas. O aditivo deve ser diluído em água conforme orientação do fabricante. Após a aplicação do chapisco, esperar a sua cura ou secagem total, se necessário 2 a 3 dias, pois como o EPS não absorve água, a cura se dará por evaporação, isto evitará que futuramente apareça o mapeamento, mais conhecido como trincas ou rachaduras. A massa do emboço (reboco) pode ser feita nos moldes tradicionais – 1:2:8 (cimento; cal; areia). Depois de o emboço ser feito, podem ser aplicados os revestimentos de acabamento como massa fina, gesso corrido entre outros.

Isolamento termo-acústico

  • O EPS é um dos melhores isolantes térmicos para se utilizar na construção civil, pois em comparação com outros similares, seu ótimo custo benefício proporciona maior conforto ao usuário, e menor consumo de energia, com condicionadores e aquecedores de Ar, contribuindo para sua economia, e para o bem do meio ambiente.

Solicitar
Orçamento